Saiba o que é pré-kitting e como ele pode aumentar o desempenho da sua operação de vending machines

Você conhece o pré-kitting? Veja como ele pode impulsionar a produtividade do seu negócio

Vcoê sabe como o pré-kitting pode aumentar a produtividade da sua operação de vending maches?

Vcoê sabe como o pré-kitting pode aumentar a produtividade da sua operação de vending maches?

O pré-kitting é ainda um assunto pouco conhecido por operadores de vending machines no Brasil.

Apesar do nome complicado, o pré-kitting nada mais é do que a pré-montagem dos kits para reabastecimento das máquinas de vending. E tem por objetivo diminuir o tempo de expedição assim como também de reabastecimento das máquinas.

O processo de kitting consiste em montar kits através de um procedimento em que produtos relacionados são agrupados, encaixotados e despachados em conjunto. O fato de pré-montar os kits e deixá-los prontos no seu estoque, com base nas necessidades de cada máquina ou rota, pode agilizar o seu processo de entrega e reposição das máquinas.

A pré-montagem de kits não é algo novo. Esse procedimento surgiu em meados de 1980, em um segmento de negócio em que é raramente utilizado hoje: máquinas de alimentos frios.

Warren Philips, presidente da Validata, desenvolveu um módulo de ordenação para preparar os alimentos para as máquinas de vending.

Um operador com 100 máquinas de alimentos poderia então determinar o quanto de alimento a maioria das máquinas consumia em um determinado período de tempo.

Uma vez que o operador recebia o pedido, o alimento era classificado e dividido para que depois pudessem prosseguir para as suas máquinas.

O conceito logo evoluiu para os lanches e refrigerantes. Com o advento de sistemas e equipamentos de controle, a utilização do pré-kitting foi sendo cada vez mais comum.

O pré-kitting representa para o operador, 15% a 20% de aumento de produtividade, já que mais máquinas podem ser atendidas usando as rotas já existentes.

Mas, para que isso aconteça, é preciso ter alguns relatórios detalhados sobre os níveis de suprimentos das vending machines.

A influência do pré-kitting na produtividade

Agora que você já entendeu o que é o pré-kitting, deve estar se perguntando, como e porque ele influencia na produtividade de sua vending machine, não é mesmo?

Aqui está um exemplo que talvez possa ajudar.

Suponhamos que você tenha 5 rotas e que faça o processo de reabastecimento de maneira tradicional. E, digamos que, com a forma tradicional, seus funcionários consigam visitar 10 a 12 máquinas por dia.

Esse processo é demorado, pois consiste em ir até cada máquina, ver o que está faltando, separar os itens e repor os itens nas máquinas de vending.

Quando você trabalha com pré-kitting você gasta menos tempo, porque os produtos já estão separados. Tudo consiste em chegar até as máquinas e repor esses produtos.

Seus relatórios de vendas, controles de estoque e mecanismos de monitoramento são imprescindíveis para que consiga atingir seus objetivos montando os kits adequadamente.

No nosso exemplo, no modelo tradicional, os motoristas faziam entre 10 e 12 máquinas por dia. Com o pré-kitting é possível fazer de 13 a 15 máquinas por dia. Um ganho operacional enorme.

Aliás, como você consegue abastecer mais máquinas, você precisa de menos pessoal, menos veículos, menos combustível e, consequentemente, o seu lucro acaba aumentando, porque você aumentou a produtividade.

O resultado do pré-kitting para os operadores de vending machines é ganho de eficiência e rentabilidade.

Vale salientar que, utilizar como métrica apenas números absolutos de máquinas por rota pode não ser a melhor estratégia, visto que a localização das máquinas influencia muito na quantidade de equipamentos que podem ser atendidos em um dia. Porém, para o exemplo em questão, é importante ressaltar que a otimização do tempo de expedição, reabastecimento e retorno possibilitaram um significativo aumento de produtividade. E isso pode ser calculado especificamente para a sua operação, com suas peculiaridades.

Na prática os benefícios são:

  • Eliminação de viagens para contabilizar estoque e verificar produtos, permitindo que cada funcionário atenda mais máquinas. Isso porque o repositor não precisa ir na máquina ver o que está faltando e voltar com os produtos. Ele só precisa ir até a máquina com o kit pronto e reabastecê-la.
  • Menos rotas uma vez que o número de visitas que é possível fazer com os kits prontos é maior, visto que você aumentou sua produtividade durante o abastecimento.
  • Carregamento de veículos feito de maneira mais eficiente e processos mais rápidos e dinâmicos de reposição de produtos nas vending machines.
O pré-kitting ajuda você a aumentar a produtividade, lucros e cortar custos.

O pré-kitting ajuda você a aumentar a produtividade, lucros e cortar custos.

Passo-a-passo para o pré-kitting

Agora que você já está por dentro do pré-kitting e conhece seus benefícios, aqui está o passo-a-passo do que você precisa para implementar esse processo na sua operação:

  1. Você vai precisar de sistemas de controle e monitoramento, também conhecidos como equipamentos de telemetria, e um bom sistema de gestão. Afinal de contas, você precisa controlar o nível de produto em suas máquinas, e precisa controlar o nível de seu estoque para que tenha os produtos para reposição.
  2. Depois, você precisa ter relatórios de vendas e níveis de estoque em suas máquinas. Assim você pode montar os kits com o que elas precisam. Esses relatórios são conhecidos como “pick-lists”.
  3. Depois disso, o que você precisa fazer é puxar os relatórios periodicamente e preparar os kits para reposição dos produtos nas máquinas.
  4. Elabore as rotas e monte o pré-kitting de acordo com as áreas que serão visitadas.
  5. Ajuste os parâmetros do kit de acordo com os produtos mais ou menos vendidos e a sazonalidade.
  6. Agora é hora de sair pra rua, seguir a rota, entregar os kits e sentir na prática os benefícios do pré-kitting.

Se suas máquinas não são compatíveis com sistemas de monitoramento (telemetria) ou se você simplesmente ainda não teve a oportunidade de investir nestes equipamentos, ainda assim o pré-kitting pode ser muito interessante para o seu negócio durante a expedição. Vamos explicar.

De acordo com o consumo periódico de suas rotas ou clientes, você poderá preparar com antecedência a remessa de saída dos produtos, dessa forma facilitando a expedição, e mesmo o retorno de mercadorias eventualmente não utilizadas. Assim, os benefícios são:

  • Ao separar caixas padronizadas com determinados kits que representem o consumo médio de um determinado local, você facilita a saída dos produtos. Os lançamentos no sistema de gestão e as notas podem ser emitidas com antecedência. Mesmo a conferência de saída pode ser feita com antecedência. É claro que um sistema de gestão adequado que implemente o processo pode agilizar ainda mais o seu dia-a-dia.
  • Além disso, as caixas pré-montadas e padronizadas são mais fáceis de se transportar nos veículos. Sem contar que elas já serão montadas de acordo com o tipo de produto ou mesmo conjunto de produtos de modo a facilitar o reabastecimento das máquinas.
  • Por fim, caso sua operação trabalhe com retorno de mercadorias não reabastecidas (não entregues), será muito mais fácil fazer a contagem do retorno, além de outros procedimentos operacionais e fiscais, visto que esse processo poderá ser conciliado com a montagem de uma nova caixa para a próxima rota.

O pré-kitting é um caso prático de solução que ajuda operadores de vending machine a ganharem tempo, diminuir o tempo gasto em cada trajeto e fazer mais com menos.

É possível abastecer todas as máquinas em menos tempo, com menos mão-de-obra, e com um custo mais barato.

Isso significa mais dinheiro para a operação de vending machine no final de cada viagem economizada, de cada rota otimizada.