Erros que você deve evitar ao iniciar uma operação de vending machine

Está abrindo uma operação de vending machine? Aqui estão alguns erros que você deve evitar

Você pode estar cometendo alguns erros na sua gestão de vending machine.

Você pode estar cometendo alguns erros na sua gestão de vending machine.

Ter um negócio próspero de vending machine é algo que muitos operadores querem. Afinal, todos querem conseguir lucratividade, ao mesmo tempo em que fazem seus negócios crescerem.

Apesar de ser um mercado crescente no Brasil, o mercado de vending machine ainda é bem pequeno, se comparado a países como Estados Unidos e Japão.

Por um lado, isso representa uma oportunidade para máquinas diversas em locais ainda inexplorados, como escolas, faculdades, e até mesmo espaços públicos (parques, bibliotecas e etc.).

Mas, por conta de ainda ser um mercado em expansão, o operador de vending machine precisa ir com cautela, para não cometer alguns erros comuns e colocar o seu negócio em risco.

Se você quer começar no negócio de vending machine e garantir que não vai cometer erros comuns que vão colocar seu negócio em risco, fique atento às nossas dicas.

#1. Avalie bem os pontos de venda onde irá colocar as suas máquinas

A localização é muito importante para o sucesso das vendas. Antes de colocar a sua máquina em qualquer lugar, faça uma pesquisa para saber se de fato a localização tem um potencial de vendas interessante para os produtos que você irá oferecer.

A avaliação de uma localização depende de diversas variáveis, como por exemplo:

  • público alvo: você sabe o perfil e a quantidade média de pessoas que passam pelo local diariamente?
  • vandalismo: infelizmente, nossa realidade ainda não permite colocarmos máquinas em qualquer local sem nos preocuparmos com o vandalismo. Isso vale para locais públicos especialmente.
  • concorrência: se você colocar uma máquina em uma escola que tenha uma cantina ao lado, por exemplo, provavelmente seus clientes comprarão da cantina e não da sua máquina, por isso evite locais onde você possa estar concorrendo com cantinas, restaurantes ou quaisquer pontos de venda “não automatizados” que ofereçam os mesmos produtos que você oferece. Diferentemente de outros mercados, o povo brasileiro ainda não está acostumado a comprar produtos de máquinas automáticas.

#2. Manutenção básica

Uma máquina de vending pode ser bastante complexa e cheia de componentes e peças. Antes de iniciar faça um treinamento para saber quais problemas básicos que uma máquina pode ter.

Você sabia que boa parte dos problemas que acontecem em uma máquina podem ser resolvidos simplesmentes reiniciando a máquina?

Conhecer bem o equipamento lhe permitirá economizar dinheiro evitando visitas desnecessárias, e é claro, para outros problemas básicos, você não precisará entrar em contato com o fabricante.

Os fabricantes normalmente oferecem cursos básicos de manutenção e rotinas básicas de higienização e abastecimento para quem está começando. Procure se inteirar, pois certamente você tem muito a ganhar conhecendo minimamente seus equipamentos.

Quanto melhor você conhecer suas máquinas, melhor poderá ser o desempenho do seu negócio minimizando também o tempo que elas ficarão paradas.

#3. Sistemas de pagamento

Dependendo do local e dos produtos que você irá oferecer em suas máquinas, você poderá diversificar a forma de pagamento aumentando as chances de venda.

No segmento corporativo, por exemplo, há uma grande diversidade de meios de pagamento que podem ser oferecidos aos seus clientes. Desde máquinas com produtos liberados, parcialmente subsidiados, ou então vendidos.

Embora as empresas sempre estejam em busca de cortes de gastos, ainda é muito comum empresas oferecerem o cafézinho como benefício aos funcionários. Há sistemas de pagamento que permitem estabelecer um limite, ou então um crédito mensal para cada funcionário consumir nas máquinas.

Para os produtos vendidos, é cada vez mais comum a utilização de meios de pagamento cashless, ou seja, sem a utlização de moedas ou cédulas. Há máquinas que aceitam cartões de crédito, débito e inclusive voucher alimentação, o que pode facilitar, e muito, a compra por parte do consumidor. Inovações e novos meios de pagamento estão sendo lançados, como pagamentos via celular, por exemplo. Portanto, após identificar seu público, pense em quais meios de pagamento você irá oferecer.

Vale lembrar que as tradicionais moedas, embora estejam cada vez mais difíceis de se encontrar no mercado, ainda são muito importantes e são o carro-chefe das vendas. É claro que o controle dos meios de pagamento via cédulas e moedas implicam em um controle operacional muito grande, mas por outro lado, não têm nenhuma taxa por transação, nem são cobrados percentuais do seu faturamento, como acontece com os cartões e outros meios de pagamento.

Pense em como você pode expandir suas operações para que suas máquinas não se acumulem.

Pense em como você pode expandir suas operações facilitando a compra por parte do seu consumidor.

#4. Conheça seus números

Agora que você já conhece a máquina que vai vender seus produtos, e tem um plano para alocá-las, você precisa conhecer um pouco seus números.

Você precisa entender sua taxa de equilíbrio, por exemplo, que é o valor a partir do qual a sua máquina se paga e passa a dar lucro. É justamente esse número que você precisa buscar assim que aloca suas máquinas.

Abaixo desse valor, você está perdendo dinheiro. Então essa taxa é o mínimo que você deve operar para que você não perca dinheiro.

Outro número que você precisa conhecer são os preços de compra e venda, uma vez que dependendo do que a sua máquina de vending ofereça (café, chocolate, chás), são esses números que irão dar a você o custo por dose.

Tenha margens de lucro, preços e outros custos inerentes ao seu negócio (como por exemplo o custo de reposição) sob controle.

Há diversas ferramentas que podem te ajudar neste início, para que você comece o seu negócio com o pé direito, para que tenha um controle de receitas e despesas.

Você já conhece a solução para gestão de vending machines da AMLabs? Clique aqui e saiba mais.

Evite esses erros para ter maior chance de sucesso

Dito isso, foque nesses pontos, conheça bem seu negócio e todos os seus números (de compras, vendas, tributos, funcionários). Isso vai determinar o seu lucro, e definir se você está ganhando ou perdendo dinheiro.

Quanto menos erros você cometer, e quanto mais você conhecer o seu negócio, melhor serão suas decisões e mais chances você terá de ser bem sucedido.